OFICINAS

PROJETO DE OFICINAS TERAPÊUTICAS DO LAR RECANTO DA ESPERANÇA.

 Este projeto tem como objetivo principal a preparar o dependente químicos para o seu retorno à sociedade, com a capacitação técnica compatível e elevação da sua auto-estima, através de atividades controladas, organizadas em oficinas terapêuticas, com características diferenciadas e atendendo a diferentes personalidades. Como objetivo secundário pretende evitar a evasão de residentes antes de completar o ciclo completo do tratamento, aumentando sua eficácia, evitando recaídas. 

  1. OFICINAS LÚDICAS:

Objetiva a recreação, estimulando a atividade física, constituído por jogos diversos, ao ar livre e em espaço coberto. Atividades: futebol, basquete de meia quadra, judô, ping pong , pimbolim, futebol de botão, televisão orientada e outros similares.

  1. OFICINAS MENTAIS:

Objetiva a reabilitação cognitiva, estimulando as sinapses cerebrais. Atividades: Meditação, teatro terapêutico,leitura crítica, jogo de xadrez motivacional, quebra-cabeças, jogos de armar, jogos inteligentes de tabuleiro.

  1. OFICINAS ARTISTICAS:

Objetiva restabelecer o equilíbrio do indivíduo com a diminuição do stress e ansiedade. Atividades: música, artes plásticas, cerâmica, serigrafia, xilogravura, fotografia digital, papel machê e outros

  1. OFICINAS PROFISSIONALIZANTES/PRODUTIVAS

Objetiva exercitar a disciplina e fornecer capacitação profissional básica em diversas áreas, de forma a possibilitar a inserção no mercado de trabalho: Construção civil, marcenaria,serralheria, artefatos de couro, artefatos de cimento e cerâmica, e outros.

  1. OFICINAS DA NATUREZA/PRODUTIVAS

Objetiva desenvolver o senso de responsabilidade, paciência e prazer, pelo contato com a natureza. Atividades: Horta orgânica, pomar e floricultura.

Conceito: As oficinas profissionalizantes visam não apenas proporcionar melhores condições de inserção do indivíduo à sociedade e também permitir à instituição Lar Recanto da Esperança condições de garantir sua sustentabilidade, proporcionando a melhoria no seu atendimento. Essas atividades serão mescladas com as demais, as lúdicas, mentais e artísticas, de modo que o interno possa participar de todas, de acordo com sua preferência e vocação. Além da atividade terapêutica, todo o processo de confecçãode produtos (resultado final das oficinas profissionalizantes), deverá ser acompanhado por técnico capacitado para ser obtido, ao final do processo, um produto que efetivamente possa ser disponibilizado no mercado de forma competitiva. Não basta apenas fabricar, é necessário saber “o que fabricar” e qual o “padrão adequado para consumo”, sendo fundamental a participação de um designer em todo o processo, que será o responsável, desde o projeto ao produto final.

É necessário também, que se monte paralelamente,uma estrutura de divulgação, que virá a facilitar a comercialização dos produtos, através de ações adequadas junto à sociedade.